Roberto Cidade apresenta seus compromissos de pré-campanha à população dos bairros Aleixo e São Geraldo

O pré-candidato à Prefeitura de Manaus, Roberto Cidade (UB), esteve nesta segunda-feira à noite, 8/7, na zona Centro-Sul para apresentar seus compromissos de pré-campanha. Nos bairros Aleixo e São Geraldo, Cidade falou sobre o tripé de compromissos para melhorar a vida dos manauaras e escutou a população sobre suas demandas acerca da capital amazonense.

“O prefeito que está aí vai ter dificuldades em prestar contas dos seus feitos, uma vez que ele mais prometeu do que cumpriu. Passaram-se 3 anos e 7 meses e quase nada foi feito. O nosso Plano de Governo não é mirabolante, ao contrário, é factível. Iremos atacar as urgências, sem esquecer das prioridades. Nossa primeira ação será criar o Auxílio Municipal Permanente, que irá beneficiar 50 mil famílias. Hoje, não há no município nenhum benefício como esse, que ajude a matar a fome das pessoas que mais precisam”, falou o pré-candidato.

O Auxílio Municipal Permanente deve seguir os moldes do Auxílio Estadual Permanente e atender com o valor mensal de R$ 150 às famílias cadastradas que se adequarem aos parâmetros do programa.

Também faz parte do tripé de prioridades do pré-candidato a ampliação e o armamento da Guarda Municipal. O Plano de Governo de Cidade prevê a realização de concurso público e o chamamento de um mil agentes já no primeiro ano de gestão.

“Iremos fazer um termo de cooperação com a Polícia Militar para que ela possa treinar os guardas municipais e permitir que eles façam uso de armas de fogo. Isso irá ampliar a segurança nos terminais de ônibus, em praças e outros logradouros públicos que ficam desguarnecidos por falta de agentes preparados. Manaus possui apenas 385 guardas municipais, e destes, apenas 40 são armados, e esses números não são nem de longe o suficiente para atender as demandas de uma capital como Manaus”, alertou.

Saúde básica de qualidade

Outro compromisso de Cidade tratado como urgente é a melhoria do atendimento em saúde básica. É proposta do pré-candidato a implementação de 12 Unidades de Pronto Atendimento (UPA) em todas as zonas da capital, ao longo de quatro anos. As UPAs terão, além das consultas médicas, a realização de exames básicos e a dispensa de medicamentos.

“Manaus é a única entre as 10 maiores capitais do país que não tem um pronto-socorro municipal. Isso foi mais uma promessa de campanha do prefeito que está aí e que não saiu do papel. Nós vamos fazer diferente. Nosso compromisso mais desafiador será implementar as UPAs, mas nós iremos fazer. Hoje, quem precisa de um atendimento básico, à noite ou nos finais de semana, precisa se submeter à mesma fila de atendimento da média e alta complexidade. Não precisa ser assim. O SUS disponibiliza recursos para manutenção das UPAs. No entanto, Manaus não tem acesso a esse recurso porque a gestão municipal não quis assumir essa responsabilidade. Nós iremos assumir”, se comprometeu.

Pré-candidatos

Pré-candidata à reeleição, a vereadora Professora Jaqueline (UB) destacou o estilo conciliador de Roberto Cidade e pediu a ele atenção especial às demandas relacionadas às mulheres. “Quando você cuida das mulheres, você está cuidando da família e quero pedir ao meu pré-candidato que, quando eleito, aumente o número de creches e que incentive a inserção das mulheres no mercado de trabalho. Eu sei do seu compromisso com a causa das mulheres. Seu trabalho e sua trajetória me fazem ter tranquilidade em lhe apoiar porque eu sei que é um homem comprometido, honrado e que cumpre com a palavra”, falou.

O vereador Márcio Tavares (Republicanos), candidato à reeleição, reforçou a importância de ter um prefeito aberto ao diálogo e que respeite o contraditório. “Rompi com o prefeito que está aí porque ele não sabe lidar com o contraditório, não sabe dialogar, não sabe tratar as pessoas com respeito. Assim como o nosso pré-candidato, eu também sou uma pessoa do diálogo e que quer trabalhar para melhorar a vida das pessoas. Não nos deixemos enganar mais uma vez por quem mais fala do que faz. O nosso pré-candidato tem uma trajetória de realizações na Assembleia Legislativa do Estado e, tenho certeza, será assim também na Prefeitura de Manaus”, declarou.

O vereador Allan Campelo (Progressistas), também candidato à reeleição, alertou à população quanto aos pré-candidatos inexperientes que querem administrar Manaus. “Tem um menino aí que quer ser prefeito de Manaus, mas além da pouca idade, lhe falta entendimento sobre administração. Ele, até agora, se elegeu vereador e não terminou o mandato, se elegeu deputado federal e também quer interromper o mandato. Temos que ter responsabilidade com Manaus. Precisamos mudar Manaus sim, mas não de qualquer jeito e nem com qualquer um. Precisamos mudar Manaus com responsabilidade”, falou.